8.1.09

Leve...

Infelizmente, a vida leve e despreocupada não me cabe...
É preciso muita truculência para sobreviver nesse mundo, e haja carne vermelha para dar conta da agressividade necessária.
Eu, particularmente, preciso sangrar, "apenas para saber que estou viva".
É quase que um mecanismo de defesa...

Um comentário:

Alisson da Hora disse...

Truculência...estou mais ou menos nessa fase furiosa...

como você tá?Feliz Ano Novo e que bom ver o blog de volta!


beijo!!!