23.9.06

Chuva




Dia de chuva e nenhuma inspiração.
O tempo passou e eu continuo igual, inerte, pensando em tudo que gostaria de fazer e não faço.
Penso em todas as pessoas interessantes que eu conheci e gostaria de manter contato: lembrei até de uma moça peruana que trabalhava com turismo e tinha um filho deficiente, que eu conheci no albergue de Florença.

Aí lembro que não liguei nem para a minha prima para agradecer o convite de casamento.
Não adianta pensar em coisas que nunca serão feitas, já está mais do que na hora encarar quem eu sou e agir apenas no sentido do que realmente importa.

Só darei nome ao gato quando tiver me organizado...

É só parar de procrastinar...

Um comentário:

Mademoiselle Passion disse...

Pois é minha amiga, sei bem o que é isso de pensar... pensar e não conseguir agir! Também sei o que falta pra isso, apesar de difícil não é impossível, estou conseguindo fazer algumas coisas, mesmo com um pé só!
Mas para isso meu coração está inteiro... e sempre apaixonado!
Beijos