9.11.05

Thank you




"Quem teve a idéia
de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ANO,
foi um indivíduo genial,
industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar
no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui por diante vai ser diferente. "


Cortar o Tempo - Carlos Drummond de Andrade

Recebi esse poema hoje, de um antigo professor de História.
Tive aulas com ele no ano de 1987, mas foi o suficiente para me transformar em boa parte do que sou hoje.
Com ele aprendi que a História pode ser linda, emocionante, exasperante, ou uma simples mentira.
Nunca uma simples verdade.
Com ele aprendi que dizer: “Perdoai as nossas ofensas assim como perdoamos a quem nos tenha ofendido” possui um peso e uma responsabilidade imensos, não são palavras vãs.

Hoje quero agradecer a todas as pessoas que passaram pela minha vida e deixaram coisas positivas.
Pessoas que, mesmo sem saber, me transformaram em um ser humano melhor. Me ensinaram a amar, a ajudar, a temer, a respeitar, a perdoar.
Gostaria de citá-las uma por uma, mas poderia incorrer no grave erro de esquecer alguém, não porque foi menos importante, mas porque já não está mais perto de mim.

Então, escolho a pessoa mais especial da minha vida, em todos os momentos.
Minha mãe, que se foi há pouco, que deixou uma saudade imensa, mas que é a responsável por eu estar aqui, completando mais um ano.

Obrigada, Mãe, por nunca ter desistido de mim...



Um comentário:

Alisson da Hora disse...

A responsabilidade que temos no ato do perdão é das coisas mais importantes que o Sublime Governador do Planeta nos deixou...A gratidão também...quando nos reconhecemos errados em não perdoar, e perdoamos, nos livramos do peso de incorrer no equívoco...quando reconhecemos a importância daqueles que nos rodeiam nos colocamos numa faixa de vibração alta e pura...sermos gratos a quem nos ajudou, é um passo (largo) para fugirmos do nosso egoísmo...
Parabéns mais uma vez, querida irmã eterna,e que o Eterno te abençoe...